Mapeamento Colaborativo

Muitos já conhecem o projeto OpenStreetMap de mapeamento colaborativo onde cada pessoa pode participar criando um mapa de ruas de qualquer lugar do mundo, usando um GPS (que pode ser em um smartphone) e também pode baixar dados do servidor do OSM gratuitamente para usar no SIG.


Volunteered Geographic Information (VGI) é o aproveitamento de ferramentas para criar, montar e divulgar dados geográficos fornecidos voluntariamente por indivíduos (Goodchild, 2007). Alguns exemplos deste fenômeno são Wikimapia, OpenStreetMap, e Google Map Maker. (Wikipedia, 2012).
Crowdsourcing começa com a descentralização, com a terceirização de tarefas tradicionalmente desempenhadas por indivíduos específicos de um grupo de pessoas ou da comunidade (multidão) através de um convite aberto. O conceito de crowdsourcing depende essencialmente do fato de que, porque é um convite a um grupo de pessoas, reúne aqueles que estão mais aptas a executar tarefas, resolver problemas complexos e contribuir com as idéias mais relevantes e frescas.
O termo tornou-se popular com as empresas, autores e jornalistas como uma abreviação para a tendência de alavancar a colaboração em massa permitida pelas tecnologias da Web 2.0 para atingir metas de negócios. No entanto, tanto o termo e os seus modelos de negócio subjacentes têm atraído controvérsia e críticas. (Wikipedia, 2012).


Uma ferramenta muito interessante lançada para concretizar esses conceitos de mapeamento colaborativo é o Ushahidi e o site Crowdmap.
O primeiro trata-se de uma ferramenta que em conjunção com um banco de dados MySQL, o processador de hipertexto PHP e o site/blog Wordpress permite criar um mapa colaborativo na Web e através de um App pode ser usado em smartphones com iOS ou Android para o mapeamento das informações em campo por qualquer voluntário que queira participar introduzindo informações georreferenciadas.
Já o site Crowdmap permite desenvolver e hospedar os mapas colaborativos no próprio site sem a necessidade de instalar os aplicativos no computador ("computação na nuvem").
Exemplos:
http://www.mapascoletivos.com.br (Ushahidi mais Wordpress/MySQL);
Crimes na USP (https://universidadedesaopaulo.crowdmap.com/main) desenvolvido e hospedado no site Crowdmap.
Fonte: http://mundogeo.com/blog/2012/02/22/projeto-mapas-coletivos-e-lancado-na-cidade-de-sao-paulo

Postagens mais visitadas deste blog

BaseCamp - como carregar mapas e imagens em seu GPS Garmin

Classificação de Imagens no QGIS

Cartas de Suscetibilidade a Movimentos Gravitacionais de Massa e Inundações