Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Sensoriamento Remoto II - parte 2

Orfeo Toolbox is not a black boxORFEO Toolbox (OTB) é distribuída como uma biblioteca open source de algoritmos de processamento de imagem. OTB baseia-se na biblioteca de processamento de imagensmedica ITK e oferece funcionalidades particulares para processamento de imagens de sensoriamento remoto em geral para imagens de alta resolução espacial. OTB é distribuído sob uma licença de software livre CeCILL (semelhante a GPL) para incentivar a participação dos usuários e promover a investigação reprodutível. A biblioteca é intensivamente testado em diversas plataformas como Linux, Unix e Windows. A maioria das funcionalidades também estão adaptadas para processar imagens enormes usando streaming e multi-threading o mais rápido possível.
Entre outros, OTB oferece uma série de funcionalidades fortemente documentada como:Acesso às imagens: acesso otimizado de leitura / gravação para a maioria dos formatos de imagens de sensoriamento remoto, o acesso de meta-dados, visualização;Fil…

Sensoriamento Remoto II - parte 1

PLEIADES - Programa de parceria e conceito multi-missão é o resultado do profundo estudo sobre a necessidade de evolução demandada pelos usuários.
Umprogramade cooperaçãofoi iniciado entrea França e a Itália,aproveitandotoda a experiência de observaçãoda Terrado CNES, paradesenvolvero ORFEO (Optical and Radar Federated Earth Observation),um sistema dual deobservaçãoda Terracomresoluçãométrica,emquePlêiades(França) é ocomponenteópticoeCosmo-Skymed(Itália)é ocomponente doradar.
Ele é composto de dois"pequenos satélites"(massade umatonelada), oferecendoumaresoluçãoespacialnonadirde0,7meumcampo devisãode20 km.Suagrande agilidadepermiteumacessodiárioem todo omundo, queéuma necessidadecríticapara adefesae aplicações desegurançacivil,e umacapacidade decoberturanecessáriaparao tipodeaplicações decartografiaà escalamelhordo queos acessíveisaossatélites da famíliaSPOT.Além disso

Tokio - Imagem fusionada do ALOS (PRISM/AVNIR-2)

Imagem ALOS de Tokio - Japão, formado pela fusão de imagem do sensor pancromático (PRISM - 2,5m) com a composição colorida em cores reais da imagem multiespectral (AVNIR-2) de 10m de resolução espacial. Para rodar a imagem é preciso ter instalada a máquina virtual JAVA.
Acesse:Pansharpen (PRISM/AVNIR-2) image over Tokyo

Geoinformatic Applications - plataforma de pesquisa geopespacial colaborativa

Geoinformatic Applications(GA) éumaorganização colaborativa online,sem fins lucrativos einterdisciplinar,focada emfornecersoluções inovadoras degeoprocessamento.Aorganizaçãotem como objetivos:
*fornecersistemascom base científicade apoio à decisãoparaos usuáriostécnicos enãotécnicos,
*aplicação de ferramentasGISe tecnologiasparauma variedadedeproblemas da pesquisae da indústria,e
*estabelecerumambiente colaborativo quefacilitea cooperaçãoentre os pesquisadores.

A GArealizaestesobjetivospor meio daSeçãode Investigação eAnálise, queempregaanálises emsistemas de informação geográficae sensoriamento remoto.Atualmente,aSecçãoutilizao ArcGIS 9.3,ERDASImage 9.1,ENVI4.7,IDRISIAndes,ERMapper7.1,R2.10.1*,Maxent3.3.2 (Ecological Modeling),ILWIS3.6*,DIVA-GIS*,SAGA*.(*Open Source)
A organizaçãotambémfornececonhecimentospara os estabelecimentosque estãoiniciandosuasprópriasoperaçõesgeoespaciais in-housee realiza

Merkaartor - Editor OSM

Merkaartor é um programa belga para edição de mapas do OpenStreetMaps, com diversas ferramentas de edição de vetores.
Merkaartortem algumas característicasúnicas, taiscomo...
*visualização do mapapróximo do WYSIWYG,anti-aliasing,comnomes de ruas;
* Exibição de transparenciaderecursos de mapa, comoestradas, equipamentos públicos eáreas;
*editorde estiloparaa apresentação do mapa,incluindovários estilos;
* Suporteparao manuseio de estradasseparadas;
*Fácildownloade uploaddedadosOpenStreetMap;
*Renderizaruma áreacomo estiloatual(SVGouBitmap);
* Aplicaçãonativa(desenvolvidocomotoolkitQt4);
*Importação dearquivosNMEA;
*conexão em tempo real como seuGPS;
*Suporte experimentalde dispositivomóvel (Pocket PC);
*Vejaseus GPStracksefotosgeorreferenciadas(geotaggeadas) semanecessidadedeenviá-los (upload);
*FacilidadedeproduzirWalkingPapers (mapas de caminhamento).
Acesse:http://merkaartor.be

Tradução do Manual do Quantum GIS 1.6

A Comunidade QGIS Brasil está fazendo um esforço para a tradução do manual da versão 1.6 do QGIS para português (do Brasil e também de Portugal, em conjunto com a Comunidade de Portugal). Eles fizeram a tradução da interface com o Usuário (GUI) por isso que o Quantum GIS pode ser instalado em português (o que tem facilitado para aqueles que não tem muita intimidade com a língua inglesa).
O Professor da UFSC, Arthur Nanni, está coordenando a equipe brasileira, para participar acesse o site QGIS Brasil e se inscreva. Precisa ter algum conhecimento em SIG (no QGIS é óbvio), em inglês (e portugês, claro) e um pouco de habilidade para usar um editor de linguagem TEX (formato que lembra textos em CSS ou XML, onde os códigos de formatação aparecem pelo meio do texto).
Para auxiliar na tradução existe um glossário (que está sendo montado) com termos a serem usados: http://wiki.osgeo.org/wiki/Qgis:_Manual_em_Português.
Acesse: http://qgisbrasil.wordpress.com/2010/12/02/traducao-do-manual-da-versa…